Nada melhor do que deixar a nossa casa com a nossa cara, não é mesmo?

Seja do lado de dentro ou do lado de fora, os detalhes podem fazer toda a diferença e deixar o lar muito mais atraente e agradável. 

A área externa, então, tem que ter o seu charme!

Afinal, se pararmos para pensar, ela é onde entramos na casa, a porta de entrada para o conforto e bem-estar oferecidos pelo seu cantinho. 

Que tal algumas dicas de como deixá-la ainda mais bonita e de acordo com o estilo de paisagismo moderno?

Vem com a gente!

Jardim em casa. Imagem ilustrativa para post sobre paisagismo moderno.

1) Bastante verde

O melhor de ter uma área externa, muitas vezes, é o contato com a natureza que ela pode nos proporcionar, concorda?

No paisagismo moderno, use e abuse de plantas, flores, árvores e arbustos neste espaço! 

Além de trazer todo aquele senso estético que só o verde consegue trazer, uma área externa com tudo isso proporciona maior qualidade de vida e bem-estar. 

E isso já foi comprovado cientificamente!

Diversos estudos feitos durante a pandemia, por exemplo, atestaram que pessoas se sentiram mais tranquilas depois de passar 15 minutos perto de uma planta alta em comparação com outros objetos.

Fora o fato de que as plantas contribuem para a regulação da umidade do ar e ajudam a limpá-lo. 

Ou seja: só vantagens, não é mesmo?

Dependendo do caso, do espaço e do tempo que você tenha disponível, vale até mesmo montar uma hortinha e/ou contratar um jardineiro. 

Jardim de casa com bancos e mesas de madeira. Imagem ilustrativa para post sobre paisagismo moderno.

2) Estilo rústico 

O estilo rústico é uma tendência que está sempre em alta e que pode ser utilizado para deixar o lado de fora da sua casa ainda mais bonito!

Para isso, aposte em bastante texturas, pedras naturais e madeira, muita madeira (ou um porcelanato amadeirado)!

O que combina bastante também é utilizar tijolos na decoração e/ou paredes de cimento queimado – existem tintas já com essa cor e acabamento disponíveis no mercado. 

Pensa que acabou?

Ainda não!

Móveis artesanais, feitos de fibra sintética, tapetes produzidos à mão e até mesmo a iluminação podem entrar neste tópico rústico. 

Casa decorada com estilo luxo silencioso. Imagem ilustrativa para post sobre paisagismo moderno.

3) Luxo silencioso

Por aqui já falamos, ainda, do luxo silencioso, que se aplica muito bem às áreas externas e a esse paisagismo moderno que queremos trazer. 

O conceito de luxo silencioso ou quiet luxury funciona como um encontro do luxo com o minimalismo, conceito que reduz o consumo de forma drástica e aposta em uma vida vivida somente com o necessário. 

Ele varia desde o preenchimento do espaço com móveis elegantes até a adoção de tons suaves e neutros nas paredes, tapetes e na decoração em geral, como branco, preto e cinza, sem se prender em tendências.

Casa com piscina. Imagem ilustrativa para post sobre paisagismo moderno.

4) Entretenimento de sobra 

Como uma extensão da casa, o espaço externo da mesma pode conter variados objetos, construções e intervenções focados no seu entretenimento e no de sua família. 

Tem gente que coloca de tudo um pouco – e você também pode fazer isso caso tenha vontade e espaço no lar!

Vamos a algumas sugestões?

  • Balanço
  • Piscina
  • Sauna
  • Banheira de hidromassagem
  • Adega
  • Churrasqueira
  • Colchonetes de ginástica, pesos e aparelhos de academia – assim fica mais fácil praticar atividade física, não é mesmo?
  • Jogos – de sinuca a fliperama e sem esquecer do totó!
  • Poltronas, sofás e espreguiçadeiras para relaxar
  • TV e retroprojetor para fazer uma sessão de cinema
  • Lareira ou espaço para montar uma fogueira – em especial em regiões de mais frio!
Casa multifuncional.

5) Multifuncionalidade

Por último, mas não menos importante, prepare o seu ambiente externo pensando na multifuncionalidade!

Como sabemos, a multifuncionalidade é a capacidade de algo ou algum espaço desempenhar várias funções e servir a múltiplos propósitos. 

Em um contexto de design de interiores, uma área multifuncional pode ser um ambiente que não serve apenas para uma única atividade específica, mas que pode ser adaptada e utilizada de várias maneiras para atender às diferentes preferências das famílias. 

Dessa maneira, você pode optar por móveis versáteis, por exemplo, que podem ser facilmente rearranjados para atender as mais variadas necessidades

Cadeiras leves e mesas dobráveis que podem ser movidas para criar áreas de estar ou de jantar, conforme necessário, se encaixam neste caso.

Um “simples” sofá retrátil também pode fazer toda a diferença, servindo para confraternizar do lado de fora e quem sabe até tirar um cochilo. 

Você pode, ainda, considerar a instalação de elementos modulares, como divisórias retráteis ou paredes móveis, que podem ser ajustadas para criar diferentes ambientes ou áreas privativas.

Demais, não é? 

Conclusão 

Não existe “tempo ruim” quando o assunto é deixar a sua casa mais bonita. 

Agora que você já sabe tudo sobre como você pode deixar o ambiente externo dela mais atraente, confira também qual é a iluminação mais adequada e ideal para a sua cozinha!