Imposto Predial e Territorial Urbano. Já ouviu falar desse termo? É o famoso IPTU! O imposto requer bastante atenção das pessoas para que não se perca os prazos e até uma organização financeira para evitar pendências.

Mas você sabe quem precisa pagar esse imposto ou quais as melhores condições de pagamento? Não? Descubra tudo lendo o post! 

O que é o IPTU? 

 

O IPTU é um imposto cobrado de quem tem algum tipo de imóvel cadastrado na prefeitura. Pode ser uma casa, apartamento, sala comercial ou qualquer propriedade em uma área urbana. 

Com um valor diferente para cada cidade do Brasil, a taxa de IPTU também pode variar de acordo com a avaliação do imóvel. 

Todo montante de dinheiro arrecadado através do imposto fica no próprio município para melhorias e obras diversas. 

 

Quem paga?

 

O responsável pelo pagamento é o proprietário do imóvel, seja ele uma pessoa física (morador) ou jurídica (dono de alguma empresa). 

É preciso pagar o IPTU em cada imóvel que você possui. Ou seja, se você tem mais de um, você terá que pagar mais de um imposto. Se não fizer o pagamento, você poderá sofrer uma multa e, em alguns casos de valores altos acumulados, até perder o seu imóvel, por meio de um leilão. 

Muitos proprietários de imóveis também podem fazer acordo com quem está alugando o imóvel para que essa pessoa pague o IPTU. Porém, isso varia de contrato para contrato. É importante alinhar tudo antes de fechar negócio para evitar surpresas no final.

 

Como o IPTU é calculado?

 

O preço da propriedade ou o seu valor venal, estabelecido pela prefeitura, é usado como base para calcular o IPTU. Esse preço é diferente do valor de mercado, que é o preço do imóvel para compra ou venda.

Fatores podem influenciar o valor venal de um imóvel, como o tamanho do terreno, a localização, a área construída e o tipo de acabamento. Após chegar nesse número, o valor é multiplicado pela alíquota que cada município estabelece para o imposto.

 

Alternativas para quitar o imposto 

 

As regras de pagamento do IPTU são definidas de acordo com a prefeitura de cada município. Há duas formas de pagar o IPTU: à vista ou parcelado. 

Na primeira opção, é possível conseguir até um desconto na taxa a ser paga em algumas cidades, já na segunda, as prefeituras podem decidir o número de vezes que ele será dividido. 

A forma mais aconselhada pelos especialistas é se planejar ao longo do ano para fazer o pagamento do ano seguinte com tranquilidade, já que nos primeiros meses do ano, há sempre mais dívidas a serem quitadas. 

 

Saiba como consultar o IPTU e retirar a 2ª via! 

 

Para consultar o IPTU ou retirar a segunda via, basta acessar o site da prefeitura da cidade ou da Secretaria da Fazenda do município.

Em São Mateus, por exemplo, é possível fazer os dois procedimentos no site da prefeitura. É importante deixar claro que a Soma não tem qualquer tipo de interferência sobre o IPTU de seus clientes, como no preço e/ou se os boletos de pagamento chegaram na casa ou lote, devendo o morador procurar a prefeitura de sua cidade em caso de algum problema. 

Confira os contatos das prefeituras dos municípios onde a Soma atua e as responsabilidades de cada envolvido no processo neste post especial que fizemos sobre o assunto!