Todo o mês de abril se comemora o Dia Nacional de Preservação do Solo. Mais do que apenas mais uma data comemorativa, o dia chama atenção para ações de preservação não apenas do solo, como também do meio ambiente como um todo.

Pensando neste assunto, elaboramos este post sobre ambos os assuntos, preservação do solo e do meio ambiente, principalmente em relação ao que a nossa empresa faz pela natureza e, de quebra, por você e sua família.

Confira!

O porquê de se preservar o solo

O solo é de onde tiramos boa parte dos nutrientes necessários à nossa sobrevivência.

Ele oferece suporte, água e outros nutrientes às raízes de plantas que, posteriormente, poderão se tornar alimento para nós, como o milho, o tomate, entre outros.

Logo, é de suma importância o preservar, seja nos grandes locais de colheita, seja naquela hortinha simples que temos no cantinho de casa.

Ações de preservação

Quando sem tratamento, o solo pode se tornar infértil e não gerar tudo isso. Uma das ações mais importantes para preservá-lo é, primeiramente, não praticar o desmatamento.

O reflorestamento, a diminuição do uso do arado e a transformação de encostas em terraços também são outras medidas recomendadas para que o solo não seja mal utilizado.

O que a Soma Urbanismo realiza a favor do meio ambiente

Nós sabemos que criar novos espaços para moradia pode causar alguns danos ao meio ambiente. Apesar disso, fazemos isso de forma consciente, de forma com que a área onde construímos o empreendimento seja prejudicada o mínimo possível.

Todas as regiões onde construímos empreendimentos são devidamente estudadas antes das obras, afinal de contas, a população e as moradias devem crescer de forma planejada.

Estudos de Impacto de Vizinhança

Elaborados por uma equipe formada por profissionais das áreas de engenharia civil, ambiental, arquitetura, geografia, direito e comunicação, são realizados EIVs (Estudos de Impacto de Vizinhança), que avaliam riscos, toda a sustentabilidade do local, impactos na vizinhança entre as pessoas que moram, trabalham ou transitam por ali, entre outros fatores.

Conforme lei, todos os municípios devem exigir esse estudo, posteriormente analisado pelo Poder Público e por representantes técnicos da sociedade civil. Caso não seja aprovado, o loteamento tem a sua construção proibida.

Pavimento intertravado e tratamento  de esgoto

Além dos EVIs, os pavimentos intertravados utilizados pela Soma Urbanismo auxiliam na absorção de água pelo solo, o que ajuda no abastecimento dos lençóis freáticos. Ou seja, impermeabiliza menos o solo se compararmos com o asfalto.

Os empreendimentos construídos pela nossa equipe também possuem destinação apropriada do esgoto, seja através de Estações de Tratamento de Esgoto ou de Estações Elevatórias.

Durante a execução das obras, também temos total preocupação no destino correto dos resíduos gerados.

Licenças ambientais

Além disso, todos os empreendimentos possuem autorizações de construção dos órgãos ambientais, ou seja, respeitamos as nascentes existentes nas áreas, bem como a preservação de áreas de preservação permanentes, entre outras permissões concedidas com as licenças, que são três.

– Licença Prévia (LP), que certifica que o loteamento é viável ambientalmente, avaliando sua localização e proposta;

– Licença de Instalação (LI), que certifica que o projeto está de acordo com a legislação ambiental e autoriza a construção do empreendimento; e

– Licença de Operação (LO), que certifica que o loteamento foi construído de acordo com o previsto no projeto pensando na área ambiental. É ele quem dá autorização para o início da atividade.

Todas essas licenças são garantidas em nossos empreendimentos, sem elas não é possível a construção dos mesmos. Tudo é realizado dentro da lei e respeitando o meio ambiente. 😉

E você? O que costuma fazer na sua casa a favor do meio ambiente? Conta pra gente nos comentários!