Além de lotes residenciais, vários empreendimentos da Soma Urbanismo também contam com lotes comerciais. Em um lote comercial, você realiza outro tipo de sonho: o do negócio próprio.

Mas não é qualquer negócio que pode ser construído não! Para explicar melhor como isso funciona, nós conversamos com a diretora comercial da Soma Urbanismo, Danielli Simões, que nos passou dicas especiais sobre o assunto. 

Confira!

As oportunidades de negócio

Em geral, um empreendimento, além de ótimas oportunidades residenciais, também traz ótimas oportunidades de investimento comercial. 

“A variedade de negócios é bem grande, uma vez que se concentram mais negócios de bairros, como: padaria, farmácia, pequenos supermercados e algumas pequenas distribuidoras de gás, água mineral e comércios que são funcionais para todos os moradores”, explica Danielli Simões.  

E tudo isso fica pertinho dos moradores e, dependendo do caso, da casa do próprio dono do comércio. 

Os empreendimentos da Soma Urbanismo vão além. Em Colatina, já estão previstos um cerimonial, um supermercado e uma clínica de saúde. Em Jaguaré, já funcionam uma serralheria, uma creche particular, e um polo de ensino superior à distância, além da implantação de uma escola municipal. São muitas opções!

As regras a serem seguidas

Algumas regras devem ser seguidas para a construção e estabelecimento dos lotes comerciais. Não é apenas chegar e construir, não.

Você deve estar se perguntando se existem negócios que não são permitidos nessas áreas. Sim, existem!

“Geralmente, são as regras do município que aprovam o uso comercial do loteamento. E negócios de grande porte não são permitidos, já que o município não emite alvará de construção para fábricas ou indústrias. Isso porque, as fábricas podem incomodar os moradores de loteamentos residenciais”, explica Danielli. 

Sendo assim, antes de um negócio começar a funcionar em um loteamento, é preciso que antes, avalie-se o impacto que vai ser causado na vizinhança e também o impacto que vai ser causado ao meio ambiente. 

De forma geral, cada empreendimento segue regras do Plano Diretor Municipal da cidade. 

Os lotes comerciais, de igual maneira, também devem seguir as normas, de acordo com o plano.

O Plano Diretor  

O Plano Diretor Municipal (PDM) é um documento que sintetiza e explicita os objetivos para o município e estabelece princípios, diretrizes e normas a serem utilizadas para ele. As decisões relacionadas ao desenvolvimento urbano devem ir sempre em direção desses princípios.

Qualquer cidadão interessado pode ter acesso ao PDM. Para quem vai construir, seja um lote residencial ou comercial, ele é ainda mais importante, portanto, não se esqueça de consultá-lo!

Por último, a diretora comercial da Soma Urbanismo, afirma que a loteadora incentiva a construção sustentável e consciente dos negócios dentro dos loteamentos. 

“Esses negócios de bairro são uma grande oportunidade para os investidores que têm o desejo de implantar um comércio dentro dos loteamentos, porque geralmente são 300 ou 400 famílias que irão morar naquele bairro. Então esse novo mercado que nasce lá é uma grande chance para os investidores ficarem atentos a esse público”, explica. 

Prefeitura, Soma e moradores: cada um tem seus direitos e também os seus deveres. Explicamos cada um deles neste post aqui! Vem ver!