Dia após dia, as cidades continuam a crescer e a tomar ainda mais forma. Dentro delas, os loteamentos seguem pelo mesmo caminho.

Ainda no planejamento, já com o devido dimensionamento da ocupação, calcula-se tamanho das vias, a capacidade das redes de água, esgoto e energia elétrica, o espaço destinado para paisagismo, pavimentação e tudo o mais necessário.

Quando nos damos conta, já está tudo pronto e habitado por clientes, empresas e toda uma população.

Cenário nacional e regional

No Brasil e no Espírito Santo, os loteamentos residenciais e empresariais vêm ganhando ainda mais força nos últimos tempos.

Com forte contribuição para as cidades, se conectam com o cotidiano dinâmico dos municípios e com as tendências de mercado.

Mais do que simplesmente ocupar um espaço, um loteamento se insere no contexto do complexo urbano já existente.

Via de mão dupla

Seja empresarial, residencial ou destinado para um público de renda mais alta ou baixa, do início ao fim da construção há uma contribuição de mão dupla. Geração de empregos, renda e uma grande movimentação na economia e na vida de diversas pessoas.

Nesse relacionamento lotes x cidades, um não vive sem outro.

E que permaneça assim por um bom tempo.